Início > Saúde e bem-estar > Porcos, salvai-nos!

Porcos, salvai-nos!

Assisti ontem, na RTP2, a uma peça de televisão onde vi porcos a serem
estudados por alguns cientistas que faziam comparações com o corpo humano, tendo
os suinos muitas semelhanças com o homem em muitas coisas até na questão do
stress e comportamentos, levando estudiosos a concluirem que "os porcos podem
salvar a Humanidade", servindo não só de alimento mas de potenciais dadores de
órgãos para transplante no corpo humano. No futuro seremos assim uma espécie de
"humano-porcos" que actualmente já existem por ‘galvanoplastia’, ou seja pela
quantidade enorme de células dos suinos a circular no organismo das pessoas que
consomem tanta carne desses animais e ficam se parecendo com
eles…

Acham esses investigadores, pois, que temos muitas parecenças com
os bichos de 4 patas, gordos e anafados, que grunhem e comem muito, brigam e
lutam uns com os outros quando estão stressados, mas no fim morrem para servir
de alimento aos seres humanos que tanto os a preciam. Agora até podemos um dia
ter um coração de porco, pulmão, rins, bexiga, figado ou intestinos, e quiçá o
pénis e testículos que muitos humanos consomem.

É assim a degeneração
total do homem do século actual que ainda não aprendeu a viver de forma sã e
coerente e adoece por causa disso, pretendendo agora ser ‘salvo’ pelos porcos
que terão um destino bem pior do que tinham até aqui. Ou seja, já não servem
apenas para febras, presunto, torresmos e enchidos, etc., mas também para
fornecerem órgãos que faltam aos humanos nas salas de operações…

Não
sei se isto algum dia acontecerá na realidade, mas o facto é que estão sendo
feitas experiência ou estudos nesse sentido e lamento pela humanidade que
degenerou de tal forma da sua condição que sofre doenças de todo o género por
causa do seu "módus vivendi" com uma errada forma de alimentação que além de ser
prejudicial ao corpo é também à alma, pois por alguma ra zão os grandes Mestres
e Profetas da Humanidade abordaram esta questão condenando holocaustos e
morticínios de milhões de animais inocentes que todos os dias são sacrificados e
devorados até ás entranhas pelo homem que se tornou no maior predador da Terra,
desrespeitando a vida de tantos seres da Criação.

De resto, a carne
proveninente dos cadáveres de animais, além de não ser saudável, influi no
próprio temperamento humano e isso levou Albert Einstein a dizer que: «A maneira
vegetariana de viver, por seu efeito puramente físico no temperamento humano,
exerceria uma influência benéfica sobre toda a Humanidade», idéia esta
corroborada por Leon Tolstoi (o grande escritor russo) que também dizia,
convictamente: "Se toda a Humanidade fosse vegetariana eram impossiveis as
guerras", naturalmente.

Enfim, talvez por estas e outras razões (como a
Poluição, a Economia, os problemas ambientais) tenha levado o responsável do
IPCC da ONU (Dr . Rajenda Pachauri) a fazer um apelo ao não consumo de carne nos
dias que correm, como única forma de melhorar as coisas neste Planeta.

Categorias:Saúde e bem-estar
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: