Início > Pense Direito > Advogado é gente!

Advogado é gente!

É banal, mas tenho certeza, muitos clientes não
sabem disto:

1- Advogado dorme. Pode parecer mentira, mas advogado
precisa dormir como
qualquer outra pessoa.

2- Advogado come.
Inacreditável, não? Mas é verdade, advogado também se
alimenta, e precisa ter
hora para isso.

3- Advogado pode ter família. Essa é a mais incrível de
todas: mesmo sendo
advogado a pessoa precisa descansar no final de semana e
precisa de um tempo
com a família.

4- Advogado precisa de dinheiro.
Por essa você não esperava, né? É
surpreendente, mas advogado também paga
impostos, alimentação, combustível,
vestuário, etc. E uma coisa bizarra: Os
livros, o escritório e as coisas que
ele tem, não chegam até ele
gratuitamente. Impressionante, não? Entendeu
agora o motivo dele cobrar uma
consulta de você?

5- Ler, estudar é trabalho. E trabalho sério.

6
– Não é possível examinar causas pelo telefone. Essa nem vou comentar.

7-
De uma vez por todas, para reforçar: advogado não é vidente. Ele
precisa
examinar o processo e muitas vezes precisa reexaminá-lo. Se quer
milagre,
tente uma macumba com um pai de santo e deixe o advogado em
paz.

Diante desses tópicos inconcebíveis a uma boa parte da população,
algumas
dicas para tornar a vida do advogado um pouco menos
insuportávell:

O uso do celular:
_Celular é ferramenta de trabalho.
Por favor, ligue apenas quando
necessário. Fora do horário de expediente,
mesmo que você ainda não tenha
acreditado, o advogado pode estar fazendo
alguma daquelas coisas que você
pensou que ele não fazia como dormir e
almoçar, por exemplo.

Antes da consulta:

_Por favor, marque hora.
Se não marcar, não fique andando de um lado para o
outro na sala de espera .
Ah! e não espere que o advogado vá te colocar no horário de
quem já marcou.
Se tiver fila, você vai ficar por último. Na próxima vez
ligue antes. Só
venha sem marcar em caso de emergência (que seja realmente
emergência), por
favor.

_Se quer ser reconhecido no telefone, diga alguma coisa
consistente. Um "oi,
lembra de mim?" está na cara que o advogado não
reconhece a voz de cada uma das
milhares de pessoas que já passaram pelo
escritório dele.E  se já faz mais de um ano que
você não aparece, fica ainda
mais difícil. Ah! E existe mais de uma "Maria"no mundo.

_ Repetir a mesma
pergunta mais de cinco vezes não vai mudar a resposta. Por
favor, repita no
máximo três. O advogado não está sob investigação policial.

_Quando se
diz que o horário de atendimento é até as dezoito horas, não significa
que
você pode chegar 17:59. Se chegar, volte depois. Emergência? Claro que o
advogado atende, mas se estiver fora do horário normal, está fora do preço
normal.

Na hora da consulta:

_Bastam alguns membros da família
para acompanhar o cliente e responder às
perguntas do advogado. Por favor,
deixe os amigos do cunhado e seus vizinhos
com os respectivos filhos nas
casas deles.

_ Evite perguntas que não tenham relação com o caso.
Paciência você já sabia que
Advogado tem, não é? Mas aposto que foi uma
surpresa descobrir que ela tem limites.

_ Falando em limite… uma
conversinha pessoal pode até dar um tempero ao
atendimento, mas a vida sexual
da sua amiga definitivamente não interessa ao
advogado. Principalmente se
você resolver confidenciar isso na hora em que
ele estiver lendo seu
processo.

_ Dificilmente uma sentença se altera em menos de cinco
minutos. Não adianta
ficar ligando a todo instante para saber da decisão do
recurso.

_Infelizmente, a cada consulta, o advogado só poderá examinar um
caso.
Lamentamos informar, mas sua outra causa também terá que passar
por
consulta, e você também terá que pagar por ela.

_Se o seu advogado
examinou sua causa, estudou o caso e te disse que o melhor seria
 fazer um
acordo, não tente dissuadi-lo só porque o seu amigo também tinha um processo e
ganhou. Cada caso é um caso, e não existe só um motivo para que ações sejam
idênticas.

_ Encontrou alguém com problema? Está com pena dele? Não sabe
como resolver?
Então, leve ele a um advogado. Mas não se esqueça dos tópicos
acima. Se
estiver a fim de fazer uma boa ação, pague por ela. Não venha
querer exigir
que outros paguem por sua "nobreza".

E que tal dizer
que está sem dinheiro ANTES da consulta?

Categorias:Pense Direito
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: