Haja saco!

16/11/2009

Brasil, terra da bipolaridade e ejaculação precoce

 

Imagens: capa da revista The Economist, gráficos do apagão no G1

 

Atualmente
no Brasil, qualquer que seja o assunto, de capa de revista a
interrupção de energia, não se pode comentar nada sem escapar de um
segundo sentido, ou melhor do único assunto que parece frequentar as
mentes de quem produz e de quem consome o noticiário verde-amarelo: as
eleições presidenciais.

 

Quer criticar o Ministro Lobão
que declarou: o apagão é um caso encerrado? Não, não pode, senão você
virar integrante do PIG- Partido da Imprensa Golpista, aquela que
acorda todo dia querendo derrubar o presidente Lula. Mesma coisa
acontece se você não comentar imediatamente a ponte do Rodoanel que
"desabou sobre as pretenções eleitorais de José Serra". Quer comentar a
capa da revista The Economist, que declara com todas as letras que o
Brasil decola? Não, não pode, senão você também pode ser rotulado de
fazer parte de outro PIG- Partido da Imprensa Governista.

 

Aliás,
aproveito para falar dos petistas apressados que comemoraram a capa sem
sequer ler o que tinha dentro da revista: um editorial reconhecendo a
atual importância do nosso país, creditando todos os governos
pós-diretas, que inclui FHC e até Fernando Collor. A íntregra, em
inglês, está aqui.
O tom da reportagem é convergente com aquela constatação tantas vezes
já debatida aqui: o Brasil avança APESAR dos governos, não por causa
deles.

 

Na minha nada modesta opinião, só vai dar para
acreditar que algo realmente mudou no Brasil no dia em que pudermos
trafegar decentemente pela estrada que liga as duas principais capitais
do país, pudermos andar pelas ruas sem medo de levar tiro e,
principalmente, pararmos de nos inflamar tanto com eleições. É sério,
gente!

 

Ladies and gentleman, falta exatamente um ano para
as eleições e quero confessar uma coisa: já estou com o saco cheio do
falatório sobre as eleições. Estou cada vez mais certo de uma única
coisa: definitivamente, o Brasil é o país dos bipolares (amantes do Fla
x Flu mental, qualquer que seja ele). Será que os ejaculadores precoces
(aqueles que tem prazer em falar primeiro qualquer merda principalmente
se for qualquer merda) vão conseguir piorar o debate eleitoral no país? 

 

Socorro! Haja saco, meu Santo Expedito!

 

Escrito por Marcelo Tas às 02h28
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: