Início > Comidas e bebidas > Cachaças

Cachaças

BIRITA
25 cachaças que você tem
que beber antes de morrer de cirrose

MAXIM ELEGE AS BRANQUINHAS QUE TODO BRASILEIRO HONESTO PRECISA CONHECER
(INCLUSIVE AS RUINS!)


Disseram que eu ia ser modelo de revista… Ich! Cadê o
glamour?!"

As velhinhas
Porque, ao contrário da
sua dor nas costas, elas melhoram com a idade      

1 – Sapucaia Real 
Vale do Paraíba, SP
 
A cana desta ainda
é recolhida por carros de boi, para evitar contato com o diesel dos tratores. É
envelhecida 18 anos em barris de carvalho. 
R$ 280

2 – Velho Pescador 
Osório, RS
 
Polivalente, é boa
para tomar pura, harmoniza legal com petiscos, desce bem como digestivo e dizem
até que serve para coquetéis à base de Coca-Cola. 
R$ 55

3 – 30 Luas 
Osório, RS
 
Recomendação: tome
pura e em cálices de cristal (sim, frescura total!). Envelhecida por 30 meses em
barris de carvalho, é boa para virar uma dose e meditar. 

R$
129

4 – Piragibana 
Salinas, MG
 
Esta belezura fica
22 anos admirando o interior de um barril de carvalho ou bálsamo para adquirir o
sabor tão único, que a torna uma das melhores do Brasil. 
R$ 155

 

5 – Fulô
Pau-Brasil 

Nova Friburgo,
RJ 

Trata-se de uma edição
limitada. Avermelhada e com sabor amargo, essa é uma cachaça exótica por ser
envelhecida em pequenos barris de pau-brasil, o que faz que o destilado tenha um
maior contato com a madeira. Não desperdice com o santo! 

R$ 85                                                                                                                

ilustração garafa: Alexandre corniani / Foto abre: FrameStudio / demais
fotos: divulgação

As criativas
Formas meio esquisitas
de saborear uma cachaça

6 – Santa
Dose
Carvalheira, PE
A mistura desta garrafa
pode parecer receita para curar gripe: cana, mel e limão. Mas não tente enganar
sua mulher dizendo que a bebida é um "santo remédio". É pinga
mesmo. 

R$
80

7 – Ouro de Cana
Jarinu, SP

O formato pequeno e a
cor discreta sugerem que você a coloque no bolso e tome
escondido.
R$
20

8 – Pedra 90
Rio das Pedras,
SP

Esta
séria ameaça ao fígado tem água, suco de limão e cachaça. É preciso coragem para
tomar! 
R$
1,99

9 –Passione
Jarinu, SP

É um licor de cachaça,
sabor de rapadura. Há outros sabores: coco, canela, mel e
chocolate. 
R$
20

10 – Santa Martha com
Arruda
Osório,
RS

Boa desculpa para tomar cachaça: após a feijoada, um cálice dela é
digestivo. 
R$
21

As
premiadas

As branquinhas que
ganharam títulos de honra e viraram orgulho nacional

11 – Anísio
Santiago
Salinas,
MG

Não adianta torcer o nariz: esta é a
melhor cachaça do mundo.
É um mito entre as cachaças, porque
sua comercialização é reservada: só se produz 5 mil litros por ano.
 

R$
265

12 – Casa Bucco
Vale do Rio das Antas,
RS

Desde 1925, os gaúchos usam as terras frias do Sul para fazer esse mé de
qualidade. Sua excelência foi reconhecida com medalha de ouro no Hyatt
Awards. 
R$
56

13 – Weber Haus Prata
Ivoti, RS

Outra feita no Rio
Grande do Sul. Tem canas altamente selecionadas (sem trocadilhos aqui),
certificação de origem e já ganhou bons prêmios
internacionais. 
R$
67

14 – Dona Flor,
Veranópolis ,RS

Outra belezinha feita
no Sul do País. Ganhou a Grande Medalha de Ouro no concurso Brasil Awards em
2008. Envelhecida em carvalho, vai conquistar seu
fígado.
R$
50

15 – Água da Pipa
Premium
Aracajú,
SE

É envelhecida por três anos em barris pequenos (pequenos para eles: cada
um tem 350 litros!), o que potencializa o sabor. Na Europa, ela é a rainha da
vez. 
R$
40

As
populares

Pode falar o que
quiser, o importante é que elas salvam o churrasco

16 – Velho
Barreiro

Rio Claro,
SP

Nenhum churrasco de pobre que se preze deixa faltar esse monumento
histórico. Está em diversos países. 
R$
5

17 – PitÚ
São Antão,
PE

É do Pernambuco. É de 1938. É barata. Tem em todo lugar. Você já tomou. O
rótulo é legal. É orgulho nacional! 
R$
3

18 – Ypióca
Maranguape,
RE

Nem os 40% de teor alcoólico fazem as pessoas desistirem de tomar uma
segunda dose. Tem 150 anos de tradição. 

R$ 8,70

19 – 51
Pirassununga,
SP

É tão popular que até mendigo anda com uma dessas na mão. Além de boa
para caipirinha, tem um slogan inesquecível. 
R$
5

20 – Brejauva
Jarinu,
SP

O interior de SP tem uma
ótima cachaça artesanal baratinha, feita em Jarinu. Segue a mesma receita desde
1943. O rótulo é o mais legal. 

R$
15

As
modernas

A tentação de ser
descolada…

Leblon
Patos de Minas, MG

Boa para caipirinha. A história também
é boa: um gringo veio para cá, fez a bebida aqui, levou para os EUA, consolidou
a marca lá e só agora vende no Brasil. Jennifer Aniston
ama. 
R$
120

Moenda
Nobre
Santo Antônio da Patrulha, RS
É uma surpresa que a
região Sul, notável pelos bons vinhos, também faça boas cachaças, ainda mais com
um rótulo "modernex" desses. Mas, bah, aqui está a Moenda
Nobre.
R$
23

DJ
São Gonçalo do Pará,
MG

Tem essa pinta de xampu feminino, mas é muito versátil no sabor e fica
bem acompanhando diferentes pratos. É feita só com a parte mais nobre da
destilação. 
R$
16

Sagatiba
Patrocínio Paulista,
SP

Foi desenvolvida para conquistar os jovens e ser um "estilo de vida". Se
conseguiu? Gisele (a Bündchen) diz que ama um drinque feito com Sagatiba,
pimenta dedo-de-moça e baunilha. Sucesso!
R$
17

Cabana
Jaguariúna, SP

Essa mais parece um
vidro de perfume do que qualquer outra coisa. É bidestilada. Quando foi lançada,
era servida só em restaurantes caríssimos e bem frequentados, mas já está ao
alcance de gente como a gente.
R$ 56   

Categorias:Comidas e bebidas
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: