Início > Reflexões > Eu já tinha falado…

Eu já tinha falado…

Maldita e não dita

Hebe Camargo, em pleno tratamento de
quimioterapia, deu entrevista ao Carlos Nascimento, no SBT. Hebe tem
câncer e o Brasil inteiro sabe disso. Ela não escondeu sua doença. A
entrevista foi "para cima", mostrando uma apresentadora energizada,
forte do alto de suas oito décadas de vida. Tudo certo e de bom tom.

O
curioso é que, durante a entrevista, em nenhum momento foi pronunciada
a palavra câncer. É assim que funciona. O Carlos Nascimento só falaria
a palavra se Hebe dissesse antes. Como ela não falou, ele não ousou
fazer isso. O interlocutor precisa sempre de uma espécie de
autorização, de uma senha para dizer "câncer".

A verdade é que a
sociedade brasileira não sabe lidar com o doente de câncer. A palavra,
além de maldita, é não-dita. O tempo passa, a ciência evolui, os
recursos tecnológicos aumentam, como aumentam as chances de cura, mas o
estigma continua firme e forte.

E, no final das contas, câncer é câncer, com todas as letras e acento circunflexo no A.

Anúncios
Categorias:Reflexões
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: